Arquivo do Autor

Como conservar bananas por mais tempo

Pode parecer uma besteira, mas não é. Saber como conservar os alimentos por mais tempo é uma questão de economia doméstica, de consciência social (todo desperdício é um pecado, como diria minha avó…risos) e de inteligência no uso de seu dinheiro e das compras.

Mais uma vez a Vera, eita Vera, me mandou este e-mail. Achei bem legal, fiz o teste e funciona mesmo!

Yes, nós temos banana… e, o melhor, bananas bem conservadas que duram mais!

E viva o Brasil tropical, das bananas e das dicas do blog Drivaneios 😉

Chega de lero-lero… vamos à dica:

Quando comprar bananas, chegue em casa e corte todas da penca, da forma que foi cortada nas fotos.

Com tesoura ou faca, para evitar 2 problemas:

01 – mosquito;
02 – e conservar por mais tempo sem deteriorar a ponta.

Normalmente a banana madura se separa da penca até mesmo pelo peso.
Quando isto acontece, ela começa a melar aparecendo aqueles mosquitos de fruteira, além de oxidar e estragar mais rápido.

No dia seguinte ao corte, a banana já esta com a ponta seca e fechada, conservando-se íntegra por uma semana.

A última foto mostra a banana madura com 1 semana, bem preservada e com a ponta parecendo um umbigo seco.

Vale a pena e não atrapalha em nada o amadurecimento.

13 de junho de 2010 at 3:33 PM Deixe um comentário

E-books grátis

Mais uma dica para quem quer economizar, usufruindo as opções gratuitas que a internet oferece (graças a Deus).

 

Esta é para quem gosta de ler. O Blog E-books Grátis, até a presente data, apresentava 948 títulos de e-books gratuitos para download.

As categorias são ecléticas, apresentado publicações sobre Hobby e Artesanato, romances nacionais, ufologia, esportes, religiosidade, quadrinhos, técnicos e científicos, enfim, só conferindo para verificar qual seu estilo/perfil favorito.

Boa leitura!

 

13 de junho de 2010 at 3:20 PM Deixe um comentário

Vagas de emprego – Busca gratuita

Apesar de apresentar uma taxa de desemprego estimada pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em 8%, o Brasil ainda é um país carente de vagas e de oportunidades para os milhões de brasileiros. Por isso, quanto mais pudermos contribuir para a recolocação profissional de nossos compatriotas, melhor!

O BUSCOEMPREGOS.COM é um buscador vagas de emprego na internet. Segundo o site, com apenas um clique você tem acesso a milhares de vagas  que são publicadas por diversos sites de emprego, agências, consultorias, jornais, empresas, blogs e etc.

O serviço é gratuito e todos os dias novas vagas são adicionadas .

Se você está em busca de uma recolocação ou até mesmo de uma oportunidade de crescimento, desejo toda a sorte do mundo. Mantenha sua esperança acesa, bem como o seu raciocínio. Tudo dará certo!

😉

13 de junho de 2010 at 3:09 PM Deixe um comentário

Softwares gratuitos

No site BigBrains há uma grande quantidade de softwares gratuitos.

As opções são variadas e vão desde aplicativos para 3D, áudio, vídeo, CD/DVD,  jogos e imagens, até internet, segurança e wallpapers, dentre outros.

O site é Inglês, mas vale pedir uma “ajudinha de tradução” ao Google e verificar quais ferramentas (softwares) podem ser úteis para você. O melhor é que, segundo o site, todas as opções são grátis.

Clique no link acima e faça a sua checagem.

13 de junho de 2010 at 2:57 PM Deixe um comentário

As melhores músicas dos últimos 30 anos

Esta dica também é da Vera e já faz algum tempo que ela me passou, mas ando meio na correria e só agora conseguirei compartilhar com vocês.

No site “Best of last 30 years” (O melhor do últimos 30 anos), você encontra uma listagem com 1000 músicas de épocas, estilos e ritmos bastante diversificados. Mas o que elas têm em comum é que são músicas que marcaram história e fizeram muito sucesso (e ainda fazem) ao longo dos anos.

Clique aqui para acessar o site. Será uma deliciosa viagem no tempo, para recordar e trazer à tona grandes momentos do seu passado.

Para os amantes da música, esta dica vale ouro!

 

13 de junho de 2010 at 2:47 PM Deixe um comentário

Final de novela: uma crítica ao baby boom e à pobreza do Brasil

Uma famosa teoria demográfica conhecida como Malthusianismo, elaborada no final do século XVIII por Thomas Robert Malthus, defende que o grande crescimento populacional seria a causa da pobreza pela qual atravessa boa parte da população mundial.

Infelizmente, para nós brasileiros, conforme estimativa divulgada em agosto de 2009, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui 191,5 milhões de habitantes, o que representa uma das maiores populações absolutas do mundo, destacando-se como a quinta nação mais populosa do planeta.

Mesmo diante desta realidade, do alto índice de desemprego que temos acompanhado e do contínuo empobrecimento das classes média e pobre, contraditoriamente o que tenho visto (em grande quantidade) são mães cada vez mais jovens e despreparadas, famílias cada vez mais numerosas e com menos condições de vida, enfim, um cenário cada vez mais triste nas novelas da vida real.

Por outro lado, nos televisores – igualmente numerosos – dos humildes lares brasileiros, as telenovelas ganham mais espaço como fonte de entretenimento gratuito e “consolo” imediato.

“Gostar” de novelas: aí é que mora o perigo.

As novelas não agem apenas como distração, elas servem como modelo, verdadeiras diretrizes de moda, cultura e comportamento para a população.

Para se ter uma idéia, estudos realizados na década de 70 indicaram que, naquela época, as telenovelas ajudaram no encolhimento dos lares, pois a maioria delas exibia famílias de dois filhos, constituindo-se num padrão que acabou influenciando os casais.

Em contrapartida, quase meio século depois e diante de uma taxa demográfica alarmante, as telenovelas adotaram um papel pouco educativo, no sentido de conscientizar a população a respeito dos benefícios do controle de natalidade e do PLANEJAMENTO FAMILIAR.

Pelo contrário, têm mostrado uma realidade que ainda é a dos contos de fadas, onde as “boas meninas” encontram o príncipe encantado, formam suas famílias, têm muitos filhos e vivem felizes para sempre!

E a coisa vai além. Podem reparar, de mocinhas a vilãs, o final feliz para a maior parte das mulheres (e dos casais), nas telenovelas, consiste praticamente em casar e ter filhos (vários).

Quase uma novela por gestação.

O pior é que com uma novela nova exibida a cada 9 meses (em média), as mulheres acham que devem seguir o exemplo, na busca pelo mesmo final feliz em suas histórias. Com isso, o que tenho visto, são mães com uma média superior a 3 filhos por família. Uma verdadeira sucessão de gestações, aquela escadinha de filhos com idades aproximadas  e um lar onde não existem  condições financeiras e, consequentemente, muitas vezes nem condições psicológicas para suportar os gastos (ou, melhor, investimentos) e a puxada rotina que a (boa) criação dos filhos requer.

Formar família é uma das metas mais comuns, no universo feminino. É uma cultura arraigada desde os tempos das brincadeiras com bonecas e dos contos de fadas com príncipes encantados.

Não quero aqui ser contra esta cultura.

Deixo claro que não sou contra o ter filhos, sou contra o ter filhos sem condições financeiras para oferecer a eles educação, saúde, atenção, lazer, enfim qualidade de vida. Também não estou dizendo que apenas as pessoas mais abastadas têm o direito de realizar este “sonho”.

Só não sou a favor das mulheres (ou casais) que desejam – egoistamente – ter filhos para depois deixá-los por 6, 8 ou mais horas em creches, colégios ou ainda para serem praticamente criados pelos avós. Ou, ainda, os pais que – pela necessidade de garantir o sustento – se tornam ausentes, mas compensam com presentes, mimos, pouca conversa, pouca cobrança, mas muita concessão e acham que está tudo certo.

Se o excesso de proteção dos pais – no passado – era prejudicial, o excesso de desatenção – no presente – não tem sido o melhor caminho ou solução.

Acordem, mulheres. Nosso papel no combate à pobreza é fundamental.

Não é porque as Helenas, Lucianas, Doras, Mayas, Dudas, enfim, as “princesas” de novela, não fazem PLANEJAMENTO FAMILIAR e não são prevenidas, que devemos adotar o exemplo. Na vida real, o cotidiano é muito diferente, as cobranças e as dificuldades nem sempre são resolvidas no próximo capítulo.

Gerar a vida é uma benção. Mas gerar uma vida sem pensar nas consequências e no como esta vida será ao longo dos anos é um sacrilégio, uma barbaridade.

Para os autores, atores, artistas, empresários do setor das telenovelas, tudo isso pouco importa.

Afinal, quanto mais pobres houver no país, haverá mais gente desempregada ou mal remunerada. Quanto mais gente sem condições de ter lazer, recreação e atividades fora de casa, mais telespectadores estarão garantidos para as novelas. Quanto mais audiência, mais publicidade para as emissoras. Quanto mais publicidade, mais riqueza, para autores, atores, artistas e empresários do setor. A riqueza pode até circular neste meio, mas fora dele as coisas são bem diferentes.

A distração que as novelas oferecem tem um sentido duplo.

Há a distração em termos de lazer, mas também há a distração em termos de amortecer a consciência e o raciocínio da galera para tudo o que é mostrado, para as sugestões que estão embutidas em cada fala e ação das personagens.

Enfim, tem muita gente que diz que telenovela é uma lavagem cerebral. Isso não deixa de ser verdade.

Que tal  retomar o comando da sua vida, das suas escolhas, da sua consciência. Nem tudo o que as novelas apontam como sendo o modelo de felicidade vai poder trazer paz, qualidade de vida e satisfação para a sua realidade.

E se você tem condições de ter mais filhos, com tantas crianças abandonadas, por que não adotar?

Peço desculpas pelo tamanho do texto, mas este tema estava engasgado na minha garganta há um bom tempo e eu precisava compartilhar desta visão com vocês. Agradeço aos que chegaram até aqui. Se concordam, peço que indiquem a leitura aos amigos e discutam o tema com os jovens.

fotos: sxc.hu

19 de maio de 2010 at 8:02 PM Deixe um comentário

20 dicas, fáceis de seguir, para ter uma vida mais saudável

As Universidades de Harvard e Cambridge publicaram um compêndio com 20 conselhos saudáveis.

Aparentemente nem tão complicados assim, mas que – como tudo o que leva à uma vida mais regrada – exigem uma certa dose de disciplina.

Em todo caso, quando o assunto é saúde, acho que tudo é válido.

1.      Um copo de suco de laranja diariamente para aumentar o ferro e repor a vitamina C.

2.      Salpicar canela no café (mantém baixo o colesterol e estáveis os níveis de açúcar no sangue).

3.      Trocar o pãozinho tradicional pelo pão integral que tem quase 4 vezes mais fibra, 3 vezes mais zinco e quase 2 vezes mais ferro que tem o pão branco.

4.      Mastigar os vegetais por mais tempo. Isto aumenta a quantidade de químicos anticancerígenos liberados no corpo. Mastigar libera sinigrina. E quanto menos se cozinham os vegetais, melhor efeito preventivo têm.

5.      Adotar a regra dos 80%: servir-se menos 20% da comida que ia ingerir evita transtornos gastrintestinais, prolonga a vida e reduz o risco de diabetes e ataques de coração.

6.      O futuro está na laranja, que reduz em 30% o risco de câncer de pulmão.

7.      Fazer refeições como o arco-íris:coloridas. Comer uma variedade de vermelho, laranja, amarelo, verde, roxo e branco em frutas e vegetais cria uma melhor mistura de antioxidantes, vitaminas e minerais.

8.      Comer pizza. Mas escolha as de massa fininha. O Licopene, um antioxidante dos tomates pode inibir e ainda reverter o crescimento dos tumores; e ademais é melhor absorvido pelo corpo quando os tomates estão em molhos para massas ou para pizza.

9.      Limpar sua escova de dentes e trocá-la regularmente. As escovas podem espalhar gripes e resfriados e outros germes. Assim, é recomendado lavá-las com água quente pelo menos quatro vezes à semana (aproveite o banho no chuveiro), sobretudo após doenças quando devem ser mantidas separadas de outras escovas.

10.  Realizar atividades que estimulem a mente e fortaleçam sua memória. Faça alguns testes ou quebra-cabeças, palavras-cruzadas, aprenda um idioma,  alguma habilidade nova. Leia um livro e memorize parágrafos.

11.  Usar fio dental e não mastigar chicletes. Acreditem ou não, uma pesquisa  deu como resultado que as pessoas que mastigam chicletes têm mais possibilidade de sofrer de arteriosclerose, pois tem os vasos sanguíneos mais estreitos, o que pode preceder a um ataque do coração. Usar fio dental pode acrescentar seis anos a sua idade biológica porque remove as bactérias que atacam aos dentes e o corpo.

12.  Rir. Uma boa gargalhada é um ‘mini-workout’, um pequeno exercício físico: 100 a 200 gargalhadas equivalem a 10 minutos de corrida. Baixa o estresse e acorda células naturais de defesa e os anticorpos.

13.  Não descascar com antecipação. Os vegetais ou frutas, sempre frescos, devem ser cortados e descascados na hora em que forem consumidos. Isso aumenta os níveis de nutrientes contra o câncer.

14.  Ligar para seus parentes/pais de vez em quando. Um estudo da Faculdade de Medicina de Harvard concluiu que 91% das pessoas que não mantêm um laço  afetivo com seus entes queridos, particularmente com a mãe, desenvolvem alta pressão, alcoolismo ou doenças cardíacas em idade temporã.

15. Desfrutar de uma xícara de chá. O chá comum contém menos níveis de antioxidantes que o chá verde, e beber só uma xícara diária desta infusão diminui o risco de doenças coronárias. Cientistas israelenses também concluíram que beber chá aumenta a sobrevida depois de ataques ao coração.

16. Ter um animal de estimação. As pessoas que não têm animais domésticos sofrem mais de estresse e visitam o médico regularmente, dizem os cientistas da Cambridge University. Os mascotes fazem você sentir se otimista, relaxado e isso baixa a pressão do sangue. Os cães são os melhores, mas até um peixinho dourados pode causar um bom resultado.

17.  Colocar tomate ou verduras frescas no sanduíche. Uma porção de tomate por dia baixa o risco de doença coronária em 30%, segundo cientistas da Harvard Medical School.

18.  Reorganizar a geladeira. As verduras em qualquer lugar de sua geladeira perdem substâncias nutritivas, porque a luz artificial do equipamento destrói os flavonóides que combatem o câncer que todo vegetal tem. Por isso é melhor usar á área reservada a ela, aquela caixa bem embaixo.

19. Comer como um passarinho. A semente de girassol e as sementes de sésamo nas saladas e cereais são nutrientes e antioxidantes. E comer nozes entre as refeições reduz o risco de diabetes.

20. Por último, um mix de pequenas dicas para alongar a vida:

a. Comer chocolate. Duas barras por semana estendem um ano a vida. O amargo é fonte de ferro, magnésio e potássio.

b. Pensar positivamente. Pessoas otimistas podem viver até 12 anos mais que os pessimistas, que ademais pegam gripes e resfriados mais facilmente.

c. Ser sociável. Pessoas com fortes laços sociais ou redes de amigos têm vidas mais saudáveis que as pessoas solitárias ou que só têm contato com a família.

d. Conhecer a si mesmo. Aqueles que priorizam o ‘ser’ sobre o ‘ter’ têm 35% de probabilidade de viver mais tempo.

10 de maio de 2010 at 3:56 PM 2 comentários

Posts antigos Posts mais recentes


julho 2017
S T Q Q S S D
« mar    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Beside Comunicação

Leia o Blog da Beside

Programa Henrique Zambelli

Todas as quartas-feiras, às 21h. Na Orkut TV.